Médicos não liberam Bolsonaro, e Haddad propõe debate na enfermaria | Rota do Sertão

NOTÍCIAS

Médicos não liberam Bolsonaro, e Haddad propõe debate na enfermaria

10/11/2018 00:03 Especialistas disseram que o capitão reformado perdeu 15 quilos de massa muscular e ainda está fraco. Médicos não liberam Bolsonaro, e Haddad propõe debate na enfermaria

Jair Bolsonaro foi avaliado por dois médicos nesta quarta-feira (10) e os especialistas concluíram que ele ainda não possui condições de fazer campanha. Desta forma, o candidado do PSL à Presidência da República fica impedido de participar dos próximos debates na TV.

O cirurgião Antônio Luiz Bonsucesso Macedo e o cardiologista Echenique cuidaram do capitão reformado no período em que ele esteve internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. Eles viajaram até o Rio de Janeiro só para atender o candidato.

De acordo com a reportagem, os profissionais disseram que Bolsonaro perdeu 15 quilos de massa muscular e ainda está fraco.

"Ele não tem mais inclusão de ferro na veia, como estava sendo feito, não tem mais antibiótico na veia, não tá mais com home care do Eisten o tempo todo, que nós temos mantido. Então ele vai fazer uma intensa reposição nutricional e fisioterapia e, com certeza, pelo que nós conhecemos dele, quinta-feira que vem vamos liberá-lo para tudo que for necessário", afirmou Macedo

Por conta disso, Fernando Haddad se colocou à disposição para debater com o adversário até em uma enfermaria. O candidato do PT se manifestou pelas redes sociais.

"Vamos fazer uma campanha propositiva e demarcar as diferenças entre projetos. Agora, meu adversário precisa participar dos debates. Eu estou disposto a ir até uma enfermaria se for preciso para debater o Brasil. Ninguém pode ser eleito sem apresentar as suas propostas ao povo", publicou o ex-prefeito de São Paulo no Twitter.

O primeiro debate do segundo turno entre os dois candidatos está marcado para esta quinta-feira (11), na TV Bandeirantes.

Bolsonaro foi esfaqueado no dia 6 de setembro durante um ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais. Após o ataque, ele passou por duas cirurgias e ficou internado por quase um mês.

 

 

Fonte: rotadosertao.com/ Com informações Todo Segundo

Crédito Foto: Reuters

Tags: Médicos, liberam, Bolsonaro, Haddad, debate, enfermaria
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Esportes / Pernambuco 03/06/2018 11:16 Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Zagueiro destaca papel nos problemas fora das quatro linhas e...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Novas eleições ocorrem neste domingo em 16 municípios Alagoas 04/08/2013 10:02 Novas eleições ocorrem neste domingo em 16 municípios Neste domingo (7), eleitores de 16 municípios de sete Estados...