Em meio à pandemia, Pernambuco tem alta de 3,2% nos homicídios em abril de 2020 | Rota do Sertão

NOTÍCIAS

Em meio à pandemia, Pernambuco tem alta de 3,2% nos homicídios em abril de 2020

17/05/2020 21:31 Foram registrados 320 homicídios, contra 310 assassinatos de abril de 2019. Números foram divulgados pela Secretaria de Defesa Social (SDS) nesta sexta (15). Em meio à pandemia, Pernambuco tem alta de 3,2% nos homicídios em abril de 2020

Pernambuco teve 320 homicídios em abril, de acordo com os dados divulgados, nesta sexta-feira (15), pela Secretaria de Defesa Social (SDS). O número de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) foi 3,2% maior que no mesmo período do mês anterior, quando houve 310 assassinatos, mesmo com as medidas de restrição de circulação de pessoas por causa da pandemia do novo coronavírus. Este é o quarto mês consecutivo de aumento, depois de 25 meses consecutivos de baixa.

Considerando o comparativo entre os quatro primeiros meses de 2020 e 2019, houve aumento de 8,6%, saindo de 1.207 para 1.311 vítimas.

O estado atribui ao tráfico de drogas a maior parcela dos homicídios. No Recife, houve aumento de 31%, saindo de 38 para 50 meses em abril.

Na Região Metropolitana, sem contar a capital, houve acréscimo de 8,14%: de 86, em 2019, para 93. A Zona da Mata manteve os números inalterados, com 72 crimes do tipo nos dois anos.

O Sertão teve queda de 2,86% (35 assassinatos no ano passado, contra 34, em 2020) e o Agreste reduziu em 10,13% os números (de 79 mortes em 2019, para 71, neste ano).

No referido mês, 78 acusados de CVLI foram presos em flagrante pelas polícias do estado. Outros 55 acabaram presos por força de mandados de prisão, totalizando 133.

Violência contra a mulher

Houve um aumento de 75% no número de feminicídios, que é quando a mulher morre pela condição de gênero. Foram sete casos em abril e quatro no mesmo mês, em 2019.

Segundo a SDS, houve queda de 25,45% nas queixas de violência doméstica, saindo de 3.466 denúncias em abril do ano passado, contra 2.584 queixas registradas no mesmo período deste ano. Com relação aos estupros, a queda foi de 27,57%. Foram 134 mulheres vítimas no mês passado e 185 em abril de 2019.

A SDS disse, ainda, que em situação de emergência, a mulher pode ligar para o 190. Ela pode se informar sobre a rede de proteção por meio da Ouvidoria Estadual da Mulher, no telefone 0800.281.8187.

Atualmente, Pernambuco tem Delegacias da Mulher em Santo Amaro (Recife), Prazeres (Jaboatão dos Guararapes), Cabo de Santo Agostinho, Paulista, Vitória de Santo Antão, Goiana, Caruaru, Surubim, Afogados da Ingazeira, Garanhuns e Petrolina.

Onde não houver uma unidade especializada, a população pode procurar qualquer delegacia de plantão da cidade em que se está para formalizar a ocorrência.

 

 

 

Fonte: rotadosertao.com /  Com informações do G1 PE   

Crédito Foto: Luana Bernardes/TV Grande Rio

Tags: Pandemia, Pernambuco , 3,2% ,homicídios , abril ,2020
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Esportes / Pernambuco 03/06/2018 11:16 Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Zagueiro destaca papel nos problemas fora das quatro linhas e...
Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes Alagoas / Política 03/02/2018 14:32 Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes EXTRA é ameaçado de processo ao apurar denúncia contra parlamentar.