Com dificuldade para acessar linhas de crédito, indústrias de Pernambuco sofrem na pandemia | Rota do Sertão

NOTÍCIAS

Com dificuldade para acessar linhas de crédito, indústrias de Pernambuco sofrem na pandemia

06/07/2020 00:34 Segundo estudo da Fiepe, 85% das empresas que solicitaram dinheiro não tiveram acesso ao financiamento criado pelo governo federal. Com dificuldade para acessar linhas de crédito, indústrias de Pernambuco sofrem na pandemia

O setor das indústrias em Pernambuco vem sofrendo com a pandemia do novo coronavírus. De acordo com estudo feito pela Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco (Fiepe), 85% das empresas não conseguiram ter acesso a alguma das linhas de crédito criadas pelo governo federal para apoiar o segmento durante a crise.

A principal reclamação dos empresários do setor é a burocracia, como afirma Rubem Martins, dono de uma indústria de calçados.

"A análise é tão demorada. Esse dinheiro chega à mão do banco, que fica com medo de levar calote e não te libera o crédito ou libera o crédito, mas com uma taxa de juros altíssima. Isso não salva o empresário", afirmou.

O empresário João D'arru, dono de uma indústria de uniformes, teve de reduzir o quadro de funcionários em 30% e renegociou os salários de quem permaneceu. Com as vendas paradas, apenas um empréstimo pode manter a empresa funcionando e com fluxo de caixa, mas ele também vem encontrando dificuldades para conseguir o financiamento.

"São vários documentos que tem que preencher e, quando você retorna, o banco pede mais um prazo para que possa avaliar o cadastro. Perde-se muito tempo nesse processo neste momento em que as indústrias estão na UTI. Os recursos existem, mas o que está faltando é o governo dar as garantias necessárias para que o pequeno e médio empresário possa ter acesso a esse crédito", disse.

Os dois casos não são isolados. De acordo com dados da Fiepe, de cada 100 indústrias do estado, 60 pediram empréstimos. Destas, porém, apenas nove conseguiram e, quase sempre, um valor abaixo do solicitado.

Maurício Laranjeira, gerente de relações industriais da Fiepe, vê um quadro preocupante para o setor, em caso de prolongamento da crise e falta de apoio.

"A tendência é que essas indústrias venham a fechar e a demitir. Nós fizemos pesquisas com relação a demissões, vimos que mais de 30% chegaram a demitir, mais de 50% pretendem demitir. Tudo está levando para uma possibilidade da descontinuidade de muitos CNPJS do segmento industrial aqui do estado", declarou.

Mais 1.004 casos e 71 óbitos por Covid-19 foram registrados em Pernambuco nesta sexta-feira (5), de acordo com o boletim da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

Com isso, o estado chegou a 38.511 confirmações e 3.205 mortes por essa doença causada pelo novo coronavírus. Esses registros começaram em março, com o início da pandemia.

 

 

Fonte: rotadosertao.com / Com informações da Ronan Tardin, TV Globo

Crédito Foto: Reprodução/TV Globo

Tags: Dificuldade ,acessar ,linhas ,crédito, indústrias ,Pernambuco, pandemia
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Esportes / Pernambuco 03/06/2018 11:16 Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Zagueiro destaca papel nos problemas fora das quatro linhas e...
Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes Alagoas / Política 03/02/2018 14:32 Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes EXTRA é ameaçado de processo ao apurar denúncia contra parlamentar.