As perspectivas para o turismo brasileiro após a crise | Rota do Sertão

TURISMO

As perspectivas para o turismo brasileiro após a crise

22/06/2020 16:41 Um dos setores que mais sofreram impacto econômico por conta a crise gerada pela pandemia no mundo todo foi o turismo. As perspectivas para o turismo brasileiro após a crise

Um dos setores que mais sofreram impacto econômico por conta a crise gerada pela pandemia no mundo todo foi o turismo. No Brasil, a preocupação também é enorme. Segundo um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV), o Produto Interno Bruto do setor (que representa 3,71% do PIB nacional) sofrerá uma retração de 38,9% neste ano, caindo de R$ 270,8 bilhões para R$ 165,5 bilhões. No ano que vem, a estimativa é de que este PIB seja de R$ 259,4 bilhões, ainda abaixo de 2019. Isso significa dizer que a perda esperada para o biênio 2020-2021 é de 116,7 bi.

Essa retração explica-se pelo impacto que o isolamento social causa em diversos setores da cadeia turística, como hotéis, transporte aéreo, transporte rodoviário, aluguéis de temporada, bares e restaurantes, agências de viagens e outras atividades de lazer. Só as operadoras de turismo já perderam R$ 3,9 bilhões, que representa 25% de todo o faturamento de 2019, que foi de R$ 15,1 bilhões.

Além disso, há o impacto direto nos empregos. O saldo de geração de novos postos de trabalho em março e abril foi negativo em mais de 211 mil vagas, número que supera em muito a baixa entre 2015 e 2017, período marcado pela forte recessão econômica no país.

“A previsão para os meses subsequentes é de incremento de demissões e fechamento de postos de trabalho que, sem medidas de proteção governamentais, provocarão o agravamento da crise econômica no país. As medidas genéricas que já estão em curso, apesar de importantes, não serão suficientes para o setor de turismo evitar as demissões. Para o mercado de viagens, além da prorrogação geral do prazo da MP 936, serão necessários outros esforços para salvar os empregos no setor e aproveitar a temporada de dezembro, janeiro e fevereiro para retomada firme do setor”, aponta o estudo.

Ainda pesa para o Brasil o fato de ser atualmente um dos pontos mais críticos da pandemia, sendo o segundo país com mais casos e óbitos (ficando atrás apenas dos Estados Unidos). O cenário atual, aliado à preocupação da comunidade internacional com o posicionamento do governo brasileiro diante da crise deve atrasar ainda mais a retomada econômica do setor por aqui.

Quais as alternativas para acelerar a retomada?

 As perspectivas para o turismo brasileiro após a crise

Segundo o gerente executivo da FGV Projetos, Luiz Gustavo Barbosa, devem ser tomadas uma série de medidas para minimizar os danos ao setor turístico. Entre elas estão auxílios públicos no setor aéreo, reequilíbrio nos contratos de concessão de aeroportos e centros de eventos, flexibilização dos contratos de trabalho para as PMEs, maior facilidade para crédito e diferimento de tributos.

Em declaração à Agência Brasil, Luiz Gustavo Barbosa salienta também a importância do incentivo a eventos corporativos e de lazer no mercado doméstico para viabilizar a estada de lazer no Brasil. "Essas medidas serão necessárias, pois o período de férias escolares será alterado, diminuindo a possibilidade de viagens para as famílias, que possivelmente estarão com a renda comprometida", disse.

Outra iniciativa que pode acelerar a recuperação e impulsionar o turismo é a legalização de cassinos, que segue sendo bastante discutida no congresso. Embora muitas empresas estrangeiras operem no setor digital de jogos online, a arrecadação do país no atual cenário é nula, já que não há tributação. Há um projeto de lei em tramitação no congresso para alterar a legislação atual, que proíbe a exploração de jogos de azar por empresas brasileiras. Dessa forma, esse tipo de turismo pode elevar as receitas do setor nos próximos anos, já que é uma vertente amplamente procurada por estrangeiros.

A segurança sanitária é outro fator que deve ser crucial para a retomada do turismo nacional. Segundo a FGV, será crucial estabelecer protocolos de turismo receptivo e emissivo e promover uma maior consciência ambiental. “Os consumidores serão mais seletivos e buscarão regiões que tenham uma comunicação eficiente sobre suas condições sanitárias. Por isso, o estabelecimento de protocolos setoriais e/ou empresariais pode ser uma estratégia importante para ajudar na escolha por destinos”, aponta o levantamento da FGV

OMT deve oferecer pacote de assistência

 As perspectivas para o turismo brasileiro após a crise

De acordo com a Organização Mundial do Turismo (OMT), as estimativas apontam para uma redução de receitas na ordem de US$ 1,2 trilhão (cerca de R$ 6,4 trilhões na cotação atual) em todo o mundo, que é a maior da história. Além disso, o OMT prevê uma perda de mais de 120 milhões de empregos na indústria turística.

A Organização já anunciou que deve colocar em prática um pacote de assistência para o turismo. "Devemos apoiar o setor agora com ações reais enquanto nos preparamos para que ele volte o mais forte possível. Os planos de recuperação do Turismo se traduzirão em empregos e crescimento econômico, não apenas dentro do próprio setor, mas em todas as esferas. Este pacote ajudará governos e empresas a implementar nossas recomendações para a recuperação", disse o secretário geral da entidade, o georgiano Zurab Pololikashvili (foto).

 

 

 

Fonte: rotadosertao.com / Por Redação

Crédito Foto:  Divulgação/PXhere / Pexels / OMT

Tags: Perspectivas , turismo ,brasileiro , crise
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Esportes / Pernambuco 03/06/2018 11:16 Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Zagueiro destaca papel nos problemas fora das quatro linhas e...
Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes Alagoas / Política 03/02/2018 14:32 Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes EXTRA é ameaçado de processo ao apurar denúncia contra parlamentar.