Vereador eleito e mais dois homens são presos suspeitos de integrar grupo de extermínio em Viçosa, AL | Rota do Sertão

NOTÍCIAS

Vereador eleito e mais dois homens são presos suspeitos de integrar grupo de extermínio em Viçosa, AL

19/11/2020 21:00 Investigações já apontaram ao menos seis homicídios cometidos pelo grupo, mas a Polícia Civil apura ainda outros quatro assassinatos. Vereador eleito e mais dois homens são presos suspeitos de integrar grupo de extermínio em Viçosa, AL

Três homens foram presos na manhã desta quinta-feira (19) em Viçosa, no interior de Alagoas, durante operação policial que investiga suspeitos de integrar um grupo de extermínio. Entre os presos está um vereador eleito no último domingo (15), Vavá Oliveira (Republicanos). A informação foi confirmada pela Polícia Civil.

A defesa do vereador e dos outros dois suspeitos presos declarou que as acusações contra os clientes não são verdadeiras e que já está tomando as medidas cabíveis (confira a nota na íntegra ao final do texto).

Confira o resultado completo das eleições em Viçosa, AL

Policiais da 9ª Delegacia Regional de Viçosa (9ª DRP) cumpriram os mandados de prisão expedidos pela juiza Juliana Batistela, da comarca do município. A operação foi comandada pelo delegado Guilherme Sillero.

O chefe de operações da 9ª DRP, Joubert Ataíde, contou como o grupo costumava agir. “Os suspeitos de 49, 30 e 22 anos agiam matando pessoas com promessas de recompensa e vantagens como votos e apoio político, intimidando e ameaçando testemunhas e familiares das vítimas, bem como eliminando provas dos crimes”.

As investigações já apontaram ao menos seis homicídios cometidos pelo grupo, mas a Polícia Civil investiga ainda outros quatro assassinatos ocorridos na Zona da Mata.

Nota da defesa dos suspeitos presos

As imputações criminosas são inverídicas. Verificamos que, infelizmente, a Autoridade Policial reuniu diversos inquéritos em um único pedido de prisão temporária, alguns instaurados há quase três anos e sem autoria identificada. E agora, baseado no relato de uma única declarante, que não apresentou qualquer outro elemento de prova, decidiu atribuir aos investigados suas autorias. Destaque-se que a declarante manteve relacionamento conjugal com um dos investigados, encerrado há poucos meses, e em retaliação praticou verdadeira denunciação caluniosa. A Defesa já está adotando as medidas judiciais cabíveis para reverter a situação, na certeza de que deve prevalecer a presunção de não culpabilidade e julgamentos sumários e discussões baseadas em suposições ou versões unilaterais devem ser evitadas.

 

 

Fonte: rotadosertao.com / Com informações do G1 AL  

Crédito Foto: Ascom/PC

Tags: Vereador, eleito , dois ,homens ,presos ,suspeitos ,integrar ,grupo ,extermínio ,Viçosa, AL
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Esportes / Pernambuco 03/06/2018 11:16 Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Zagueiro destaca papel nos problemas fora das quatro linhas e...
Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes Alagoas / Política 03/02/2018 14:32 Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes EXTRA é ameaçado de processo ao apurar denúncia contra parlamentar.