Levantamento realizado pela ONU e Governo atesta qualidade da infraestrutura turística em Alagoas | Rota do Sertão

TURISMO

Levantamento realizado pela ONU e Governo atesta qualidade da infraestrutura turística em Alagoas

19/03/2021 22:17 Nos últimos anos, importantes entregas do Executivo estadual elevaram a qualidade do saneamento básico na capital e no interior, beneficiando moradores e turistas. Levantamento realizado pela ONU e Governo atesta qualidade da infraestrutura turística em Alagoas

O turismo em Alagoas é uma das principais atividades econômicas que proporcionam grande impacto na geração de emprego, renda e oportunidade. Visando fortalecê-la, o governo de Alagoas, em parceria com a ONU Habitat, realizou um levantamento sobre a percepção do turista no estado, ouvindo visitantes de cinco cidades: Maceió, Maragogi, Penedo, Piranhas e São Miguel dos Milagres. 

Na avaliação, os turistas que participaram da pesquisa nas cinco cidades apontaram atrativos naturais, gastronomia, hospitalidade, equipamentos turísticos e os produtos culturais com as melhores avaliações, com classificação entre “bom” e “excelente”. Outro requisito importante avaliado pelo levantamento foi a infraestrutura destes municípios turísticos. As cidades de Piranhas, no alto Sertão alagoano, e a capital Maceió se destacaram na avaliação deste quesito com notas entre as categorias  “excelente” e “bom”. 

A infraestrutura da capital recebeu investimentos recentemente em saneamento básico, que impactam diretamente na atividade turística e que podem ter sido sentidas pelos turistas ouvidos pelo levantamento da ONU Habitat, realizado meses antes da pandemia do novo coronavírus. 

Entre os investimentos do Estado de Alagoas na capital, estão as duas obras de ampliação do esgotamento sanitário de Maceió: a Linha Expressa – Praça Lions, que possibilita a operação do sistema da região litorânea da capital, interligando o esgoto coletado com o emissário submarino, que reforça o sistema e acaba com os transbordamentos na região, evitando as famigeradas línguas sujas, que além de poluírem, causavam desconforto e afetavam a paisagem das praias urbanas. Outra obra entregue foi a interligação do sistema de esgotamento sanitário nos bairros Jacarecica e Cruz das Almas, com a instalação de 1.700 novas ligações de esgoto, ambas entregues à população em junho de 2019.

Entre as cidades avaliadas, Maragogi, segundo polo turístico do Estado e principal parque hoteleiro do Litoral Norte, foi classificada na categoria “bom” e “regular”. Para avançar neste sentido, o governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Infraestrutura (Seinfra) e Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), trabalha em projetos para implementação do saneamento básico na região. Estão previstos investimentos da ordem de R$ 500 milhões com recursos financiados pelo Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), em cinco municípios da região Norte: Maragogi, Japaratinga, Porto de Pedras, São Miguel dos Milagres e Passo de Camaragibe.

À frente da Sedetur, o secretário Rafael Brito explica que os avanços em infraestrutura são ações que atendem a uma demanda antiga do trade turístico e da população local.  “Desde o início da gestão, sob a liderança do governador Renan Filho, estamos buscando resolver problemas que eram gargalos de décadas na infraestrutura do estado e afetavam diretamente o sucesso da atividade turística. Com os avanços em saneamento básico, garantimos a qualidade da água e a limpeza das praias, acabando de uma vez com as línguas sujas que apareciam nas praias urbanas que causavam não só um dano ambiental como também um desconforto para moradores e turistas. Dessa forma, estamos cada vez mais qualificando o Destino Alagoas, que já lidera as vendas nas principais plataformas do mercado nacional e fortalecendo a atividade turística no estado, geradora de milhares de oportunidades de emprego e renda na capital e no interior”, ressalta.

Sobre o estudo

O levantamento compõe o projeto “Prosperidade Urbana Sustentável e Inclusiva no Estado de Alagoas: Uma Iniciativa Integrada” da ONU Habitat em parceria com o governo de Alagoas que ouviu 250 pessoas, cinquenta em cada um dos cinco municípios envolvidos, em pontos de fluxo de pessoas, como locais públicos e equipamentos privados de relevante fluxo turístico. Dados como cidade de origem dos turistas, tempo de permanência, gasto médio, motivação da viagem e características de hospedagem e transportes também foram abordados.

 

 

Fonte: rotadosertao.com / Com informações de  Thiago Tarelli

Crédito Foto: Jonathan Lins

Tags: Levantamento ,realizado ,ONU , Governo ,atesta , infraestrutura ,turística ,Alagoas
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Esportes / Pernambuco 03/06/2018 11:16 Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Zagueiro destaca papel nos problemas fora das quatro linhas e...
Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes Alagoas / Política 03/02/2018 14:32 Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes EXTRA é ameaçado de processo ao apurar denúncia contra parlamentar.