Ato em defesa do SUS e aceleração da vacinação é realizado em Maceió | Rota do Sertão

NOTÍCIAS

Ato em defesa do SUS e aceleração da vacinação é realizado em Maceió

04/07/2021 12:47 O Fórum em Defesa do SUS teme por um colapso no sistema funerário devido as mortes por Covid-19. Ato em defesa do SUS e aceleração da vacinação é realizado em Maceió

Na manhã desta quarta-feira (7), um ato em defesa a saúde pública foi realizado em Maceió e em todo o Brasil. Os integrantes do Fórum Alagoano em Defesa do SUS, estiveram no viaduto localizado na Avenida Fernandes Lima, próximo ao Cepa. Entre as reivindicações, estão a aceleração da vacina contra o Covid-19, o aumento do valor ofertado pelo Auxilio Emergencial, o descontrole da pandemia no país e a negligência por parte do Governo Federal e do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O Portal Agora Alagoas, conversou com uma das integrantes do Fórum SUS, professora e ex-reitora da Ufal, Valéria Correia, que revelou que a data escolhida para o manifesto não foi por acaso já que hoje é comemorado o Dia Mundial da Saúde. A professora faz um alerta sobre o colapso que o país está passando e o que ainda está por vir, como um possível descontrole de mortos por conta da Covid-19 e que pode afetar o sistema funerário.

“O Brasil hoje é o epicentro da pandemia, acumulando 3 mil óbitos por dia. Na última semana, 30% das mortes diárias por Covid-19 no mundo, advêm do nosso país. Em uma breve comparação, a Índia, é o país que tem 17,6% da população mundial, e apresentou no mesmo período uma média de 370 óbitos por dia. Isso só são as mortes causadas por Covid-19, em breve um colapso funerário será visto, como já tem acontecido em algumas cidades brasileiras.” , contou Valéria Correia.

O ato, que obedeceu os protocolos de distanciamento social e o uso de máscaras, também quis chamar a atenção para a lentidão na vacinação e o atraso na compra do imunizante por parte do Governo Federal. Os dados divulgados pelo Consórcio de Veículos de Imprensa mostram que 9,84% da população brasileira foi vacinada (com a primeira dose). Segundo Valéria Correia, esse número é muito baixo e se continuar nesse ritmo, o processo de vacinação pode demorar mais que o devido.

“De acordo com MonitoraCovid-19 da Fiocruz,  se essa lentidão na vacinação permanecer, o país levará cerca de quatro anos e meio, até que toda a população seja imunizada com as duas doses das vacinas. Isso mostra que as mortes e o descontrole na saúde pública foi provocado pelo Governo Federal, quando não seguiu as medidas para evitar todo esse colapso.”, explicou a professora e integrante do Fórum SUS.

 

 

Fonte: rotadosertao.com / Com informações de Ronny Vieira / Agora Alagoas

Crédito Foto: Cortesia

Tags: Ato ,defesa ,SUS , aceleração ,vacinação , realizado ,Maceió
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Esportes / Pernambuco 03/06/2018 11:16 Contratado para dar experiência à zaga do Santa, Danny Morais quer ser líder no clube Zagueiro destaca papel nos problemas fora das quatro linhas e...
Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes Alagoas / Política 03/02/2018 14:32 Advogado tenta impedir reportagem que denuncia deputada Thaise Guedes EXTRA é ameaçado de processo ao apurar denúncia contra parlamentar.