ESPORTES

"Temos algumas interrogações", diz técnico do CSA sobre time para sábado

19/05/2017 17:03 Meia Caíque pode aparecer na equipe titular. Duelo com o Sampaio Corrêa será disputado em São Luís-MA. "Temos algumas interrogações", diz técnico do CSA sobre time para sábado

A quinta-feira do CSA começou com um treinamento no Mutange. À tarde, o time viajou para São Luís-MA. Para o jogo de sábado, contra o Sampaio Corrêa, o técnico Ney da Matta não deve mexer muito na equipe titular. No máximo, ele deve optar pela entrada do meia Caíque, que foi um dos reforços para a Série C do Brasileirão. Na entrevista coletiva após o treinamento, Ney comentou sobre a formação inicial.

- Você não pode mudar muito daquilo que fizemos. Mas ainda temos algumas interrogações, principalmente na evolução do Caíque. É um setor que o adversário cria muito. O Caíque é um meia de origem, que sai bem para o jogo, fez um grande Campeonato Paulista. Tem o Boquita, com uma qualidade muito boa. E o nosso setor da frente. A gente tem uma certa dúvida nesses setores. Vamos ver como vai ser o comportamento, ainda temos um treino. Não deve fugir muito do que fizemos contra o ASA - declarou o treinador azulino.

Ney falou do adversário, reconheceu as dificuldades e pediu atenção aos seus jogadores.

- Jogo difícil, como foi o ASA. Vamos pegar um adversário que tem um desenho diferente do que foi aqui. É um time leve. Nós precisamos tentar bloquear alguns corredores deles que oferecem muito perigo, que é o lado esquerdo e a saída de bola com o meia Hiltinho. Enfrentamos um ASA sem um meia de referência e agora um rival que joga com um quadrado por dentro. Temos que ter atenção para diminuir os espaços para não sofrer durante o jogo - disse da Matta.

Assim como nas outras entrevistas, o técnico ressaltou que é necessário ter um elenco forte e competivivo, não apenas 11 jogadores. Ney falou que teve que mudar a postura do time e que as peças precisam funcionar.

- Se você quiser conquistar alguma coisa, é preciso ter um grupo, não pode ter 11 nem ninguém com cadeira cativa aqui dentro. Assim, você não conquista o acesso à Série B. Em 2016, foi assim comigo no Boa Esporte. Falei que a briga tem que ser leal, que vai jogar quem estiver melhor. Nunca valorizei nomes, sempre valorizei resposta dentro de campo. Isso é legal, eles buscam o espaço com trabalho e lealdade para jogar entre os 11. Mudamos um pouco a postura de jogar, adiantamos a marcação dentro do campo adversário, colocando mais um homem lá dentro. Isso acaba dificultando eles [adversário] e fazendo crescer o futebol do Daniel [Costa], Thiago [Potiguar]. Não queremos mexer muito na estrutura do time, mas vão ter jogos que vamos ter que trocar uma peça ou outra. Vamos ter um jogo difícil contra o Sampaio. Precisamos da atenção muito grande do Everton Heleno e Daniel Costa. São dois jogadores que precisam ter um encaixe nas peças que o adversário tem, para fazermos um grande jogo - analisou Ney.

A postura do CSA não vai ser defensiva. Segundo o técnico azulino, o time vai jogar com as linhas próximas. Ele citou que a obediência dentro de campo vai ser fundamental para sair vitorioso.

- A sua melhor defesa é o ataque. Se tiver pessoas obedientes taticamente, que já buscam o adversário numa linha média, acho que já vai dificultar. Dentro de casa, temos que aumentar essa nossa linha e jogar alto quando o adversário tentar sair jogando com a bola. Lá, vamos diminuir essa linha, para não ficarmos muito longe do gol adversário. É um rival muito difícil, leve, totalmente diferente de que foi contra o ASA. Essa obediência tática de alguns atletas, principalmente no setor de meio-campo, é importante, por ser o local que vai acumular mais gente. É importante a obediência do Everton Heleno, Dawhan, junto com o Daniel Costa, para diminuirmos espaço, não deixarmos o adversário virar para cima da gente. Vamos tentar fazer um grande jogo para pontuarmos fora de casa - disse.

Depois de enfrentar o Sampaio Corrêa, o CSA tem mais um desafio fora de casa. Na terceira rodada, o duelo será contra o Botafogo-PB, em João Pessoa, no dia 28 deste mês. Ney disse que o planejamento é ir somando o máximo de pontos como visitante.

- A ideia é essa. É pontuando que a gente vai conseguir fazer um montante para buscar a nossa classificação. São dois adversários difíceis. Quanto mais você pontuar e for fazendo o dever de casa, você tem grande chances de avançar de fase - finalizou Ney da Matta.

Sampaio Corrêa e CSA se enfrentam neste sábado, às 16h, no Estádio Castelão, em São Luís, no Maranhão. 

 

 

 

 

Fonte: GloboEsporte

Crédito Foto: GloboEsporte

Tags: Técnico , CSA, time , sábado
Comentários:
    Seja o primeiro a comentar...

Mais lidas

Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão Bahia 10/01/2013 14:44 Por causa de um gato, homem é assassinado pelo vizinho a golpes de facão A confusão começou porque Linaldo supostamente matou o gato da...
Novas eleições ocorrem neste domingo em 16 municípios Alagoas 04/08/2013 10:02 Novas eleições ocorrem neste domingo em 16 municípios Neste domingo (7), eleitores de 16 municípios de sete Estados...
PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Sergipe 10/05/2010 10:17 PM evita invasão ao Fórum de Frei Paulo Polícia é acionada por juíza para conter invasão ao Fórum...
Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Alagoas 27/03/2012 16:15 Há oito anos Alagoas perdia o cantor Kara Veia Cantor até hoje tem sua canções tocadas em emissoras de...
Operação no Sertão: Gecoc e PM prendem suposta quadrilha de assaltos a bancos Alagoas / Polícia 24/10/2013 11:35 Operação no Sertão: Gecoc e PM prendem suposta quadrilha de assaltos a bancos Indícios apontam para o envolvimento dos acusados nos assaltos contra...